Quando pensamos em fazer mudanças muito significativas em nossas vidas, especialmente aquelas que alteram de forma bastante repentina nosso rumo e direção, é comum que os medos, as dúvidas, os anseios, venham nos visitar. Com a transição de carreira, em geral, não é diferente. Os “fantasmas” e pensamentos negativos costumam ser os primeiros a bater na porta.

Também é muito comum a avalanche de críticas de pessoas mais próximas, e autocríticas, do tipo: “Você irá perder todo o conhecimento que adquiriu”;  “Não conseguirá mais uma boa colocação no mercado”; “Logo agora que você estava tão bem?”; “Será que estou mesmo na área errada, ou, simplesmente não sou boa naquilo que faço?”; “Sou um fracasso”.

Se você está passando por um momento como esse mantenha a calma. Está tudo certo! E tudo caminha para uma solução!

Antes de deixar aqui algumas dicas valiosas que vão te animar e ajudar a tomar a decisão correta faço outro adendo positivo para você. Estamos no outono! E o que é que tem?

Tem tudo de bom, de maravilhoso, de melhor, especialmente, para quem pretende ou está passando por grandes mudanças na vida, pessoal e/ou profissional.

Algumas filosofias antigas, mas, com enfoque espiritual e médico bastante atuais, encaram o inverno de uma maneira que considero sensacional. É aquela época do ano em que tudo parece estar meio adormecido, congelado, porém, quando grandes acontecimentos estão ocorrendo. Eles apenas não estão tão visíveis aos nossos olhos, pois,  ocorrem internamente. É o crescimento e fortalecimento das nossas raízes. É, justamente, esse crescimento que permitirá à planta desabrochar na próxima estação. É exatamente esta fase que você está vivendo.

Então, relaxe um pouco. Você não está perdendo tempo. Embora, às vezes, cinzento, o inverno oferece energia para revermos tudo aquilo que aprendemos em nossa vida, para melhor escutar e compreender. É isto que você está fazendo neste momento. Revendo a sua vida: erros, acertos, vitórias, dificuldades. É com base nisso que irá tomar as ações que lhe levarão ao sucesso, a uma vida com mais alegria e harmonia.

Dito isto, vamos às dicas que irão lhe ajudar a encontrar o seu caminho:

  1. Se você está insatisfeita com a sua área profissional é porque alguma dificuldade ou decepção você tem enfrentado no mercado em que atua ou deixou de atuar. É importante olhar para dentro de si, com calma, e refletir.
  1. Busque por profissionais capacitados que possam auxiliá-la nesse processo de mudança. Eles lhe ajudarão a identificar suas necessidades, objetivos, sonhos, habilidades, pontos positivos e os pontos para melhorar. É importante lembrar que uma recolocação bem-sucedida também exige estratégia, foco e relacionamento com o mercado de trabalho.
  1. Escute, porém, seja criteriosa ao ouvir as avalanches de críticas, desconfiança e “zilhões” de perguntas de colegas e parentes. Você não é primeira pessoa no mundo a decidir mudar de área profissional, nem será a última. Coragem!
  1. Armadilhas como: “Vou desperdiçar todo o conhecimento adquirido até aqui”. Tempo é talvez a única coisa que temos a nosso favor. Se você parou para refletir e buscar mudanças na sua vida profissional é porque o seu conhecimento e experiência lhe proporcionaram isso.
  1. Veja se está presa a algemas do tipo: “Satisfação no trabalho é mito, o que vale é pagar as contas”, se estiver, solte-se. Pessoas felizes com seu trabalho rendem mais e também ganham mais.

Qualquer pessoa pode mudar de profissão, esteja no início da carreira ou não, independente de idade, cor e sexo. Basta fazer isso com cuidado, reflexão, e, de preferência, com ajuda profissional.

Agora que você já conhece o caminho, coloca um cachecol e arrasa!

Tags: