Impossível olhar para esta palavra “Protagonismo” e não pensar numa cena de filme, num papel principal de novela ou teatro, e é isso mesmo, quero falar aqui da atriz ou ator principal: VOCÊ.

Não egoístico pensar em si, porque se você é uma pessoa que tem uma mente amplificada, de ordem sistêmica ordeira, tudo em sua volta só tende a ser e ficar melhor! Porque você vai se tratar como o melhor ser humano que existe.

Só damos aos outros o que temos dentro de nós, então imagine você sendo o melhor ser humano que puder ser!!! Imaginou? O que os outros receberão?

Uma dica de coaching para avaliar o seu estado de protagonista na carreira:

No quadro abaixo se dê nota de 5 a 1 e perceba se você se encontra num estado ótimo (5)- muito bom (4) – bom (3) – razoável (2) – sofrível (1).

Como está o meu estado de bem-estar no trabalho?  Qual o percentual de tempo de trabalho que me sinto nesse estado? 
Que nota eu daria para o quanto me divirto ou tenho prazer no trabalho? 
O que considero meio termo? 
O que está sofrível? 

Se sua nota for 5 ou 4 pense no que pode fazer para manter. Se for 3 você está confortável ou aberto a mudanças? Se for 2 Está acomodado? Se for 1 precisa agir urgentemente

Um exemplo pertinente a todos é como alguns de nós cuidamos da saúde – Uns tem uma vida saudável, fazem acompanhamento médico. Outros fazem acompanhamento médico e resolvem ter uma vida saudável, outros só fazem acompanhamento médico. Os demais que estão com nota 1 e 2 sabem que é importante cuidar da saúde mas não agem, o estado sofrível é quando a saúde já está prejudicada e vai agir reativamente.

O próximo passo é fazer estas perguntas a si mesmo: O que contribui para o meu prazer durante o trabalho? O que contribui para o meu sofrimento durante o trabalho?

Pense e Aja e Colha o melhor resultado de todos os tempos.

Tags: